Organização do Trabalho Pedagógico Escolar
Órgãos Colegiados da Escola
Registro de Classe On-line Serviços Públicos de Apoio Escolar Fale Conosco

Quantidade de Páginas visitadas

 


"Se eu não fosse imperador, desejaria ser professor. Não conheço missão maior e mais nobre que a de dirigir as inteligências jovens e preparar os homens do futuro."
D. Pedro II


 

  

  



 DOCENTES  COLÉGIO ESTADUAL ERON DOMINGUES 

 Atualizado em 13/07/2016
Alexsandro Marcelo Victor Goettems
Ana Beatriz Cottica
Ana Paula Rezende
Andreia Eggers
Andreia Nicolay
Anelise Braga
Anelori Bennemann Eckert
Angela Hahn Prestes
Angela Mara Kochepka Burdela
Angela Maria Cóttica
Angela Nowotny
Astride Ires Schulze
Carem Aline de Oliveira
Carlos Alberto Seibert
Carolina Ferreira de Lima Vilha
Cintia Fabiane Warken Trento
Cintia Valeria de Mello
Cirlei Matos
Claudiane Prass (CELEM)
Cleber Engster
Cleide Aparecida dos Santos
Cristiane Janete Weyand de Mesquita
Cristiane Meinen
Denise Ribeiro de Souza Herpich
Elaine Elisabete Hirt
Elaine Maria Gosenheimer Fiori
Eliane Liecheski Artigas
Elizeth Pereira da Silva
Fernanda Lais Lemos Hoepers
Francielly Cunha
Inajara Kaoana Weiss
Ivan Luis da Costa
Ivonete Schone
Jandira Goncalves
Janete Cleci Albrecht de Sousa
Janice Fridrich Dalloglio
Jennyffer Alves Gomes
Judite Veranisa Schmitt
Juliana Brandao Rodrigues
Juliana Ines Huppes
Katia Eliza Saatkamp Lazaretti
Kymberli Nadine Guiosi
Leandro Junior Hermes
Leocir Dante Baller
Lilian Schneider Schell
Lisiane Cristina Amplatz
Lurdes Teresinha Stein
Marcelo Carlos Gimenes
Marcia Alebrandt
Marcia Loreci Deicke Griebeler
Marcia Regina Granado Silva Branco
Marcia Vorpagel Serschon (CELEM)
Marco Junior Xavier Teles
Marguit Sbaraini Campos
Maria Angelica Rosa Varussa
Maria Aparecida Valer
Maria de Fatima dos Santos Erlich
Maria Zilma Soares Lucena
Maristela Lucia Dupond
Marlei Neis Bogoni
Marta Salete Bendo
Mirna Suzana Hermann Schnitzer
Mirna Zenker Johansson Wissmann
Neiva Salete Kern Maccari
Nilson Darci Lampert
Odete Andreoli Cunha
Osnilde Aparecida Comin Scheffel
Pamera Francieli Correa Pereira
Patricia Lucas
Paula Francielle Becker
Paulo Henrique Heitor Polon
Paulo Miguel Griebeler
Rafael Cirilo Anderle
Rafael Fernando Hack
Richard Lino Dos Santos
Robson Marcelo Nunes
Rosani Maria Kochepka
Rosecler Klein
Roseli da Silva Neves Vanin
Roseni Trindade
Samuel Theiss
Sandra Maria Moreno Miranda Correa
Simone Arieli Rocha Becker
Tania Ines Weizenmann Pereira
Tiago Pinto Cardoso
Valdete Schwantes Kracke
Vanessa Gasiola
Vania Salete Klein De Oliveira
Vera Beatriz Hoff Pagnussatti
Vera Lucia Greco Syperreck
Vera Lucia Seyboth


Atendimento ao CAEDV
Anelise Braga

Docência Sala Rec Multf Sf

Elaine Elisabete Hirt
Rosecler Klein

Professora com Apoio Alternativo
Silvana de Lima

Professora Apoio Educação Especial T Glob Des

Lucidalva de Lima Vilha

Professor Interprete

Felipe Ferreira de Lima Vilha

Professores Readaptados amparados pela Lei 15308/06
Elaine Magda Rheinheimer - Responsável site do Colégio - Horários - Face - Auxílio a professores.
Joel Weçolovis - Laboratório de Informática
Percy Cunha - Biblioteca
Roseli Beatriz Barbian Minks - Secretaria do Colégio
Rosângela Garcia Sobreiro Bitencourt - Auxiliar na Documentação Escolar e Secretaria do Colégio
Mirna Suzana Hermann Schnitzer
Sandra Maria Moreno Miranda Correa

Voltar


COMPETE AO CORPO DOCENTE
2.4.6 Compete ao Corpo Docente

1. participar da elaboração, implementação e avaliação do Projeto Político Pedagógico deste estabelecimento de ensino, construído de forma coletiva e aprovado pelo Conselho Escolar;
2. elaborar, com a equipe pedagógica, a proposta pedagógica curricular deste estabelecimento de ensino, em consonância com o Projeto Político- Pedagógico e as Diretrizes Curriculares Nacionais e Estaduais;
3. participar do processo de escolha, juntamente com a equipe pedagógica, dos livros e materiais didáticos, em consonância com o Projeto Político Pedagógico deste estabelecimento de ensino;
4. elaborar seu Plano de Trabalho Docente;
5. desenvolver as atividades de sala de aula, tendo em vista a apreensão crítica do conhecimento pelo aluno;
6. proceder à reposição dos conteúdos, carga horária e/ou dias letivos aos alunos, quando se fizer necessário, a fim de cumprir o calendário escolar, resguardando prioritariamente o direito do aluno;
7. proceder à avaliação contínua, cumulativa e processual dos alunos, utilizando-se de instrumentos e formas diversificadas de avaliação, previstas no Projeto Político Pedagógico deste estabelecimento de ensino;
8. promover o processo de recuperação concomitante de estudos para os alunos, estabelecendo estratégias diferenciadas de ensino e aprendizagem, no decorrer do período letivo;
9. participar do processo de avaliação educacional no contexto escolar dos alunos com dificuldades acentuadas de aprendizagem, sob coordenação e acompanhamento do pedagogo, com vistas à identificação de possíveis necessidades educacionais especiais e posterior encaminhamento aos serviços e apoios especializados da Educação Especial, se necessário;
10. participar de processos coletivos de avaliação do próprio trabalho e da escola, com vistas ao melhor desenvolvimento do processo ensino e aprendizagem;
11. participar de reuniões, sempre que convocado pela direção;
12. assegurar que, no âmbito escolar, não ocorra tratamento discriminatório em decorrência de diferenças físicas, étnicas, de gênero e orientação sexual, de credo, ideologia, condição sócio cultural, entre outras;
13. viabilizar a igualdade de condições para a permanência do aluno na escola, respeitando a diversidade, a pluralidade cultural e as peculiaridades de cada aluno, no processo de ensino e aprendizagem;
14. participar de reuniões e encontros para planejamento e acompanhamento, junto ao professor de Serviços e Apoios Especializados, da Sala de Apoio à Aprendizagem, da Sala de Recursos no Contra turno, a fim de realizar ajustes ou modificações no processo de intervenção educativa;
15. estimular o acesso a níveis mais elevados de ensino, cultura, pesquisa e criação artística;
16. participar ativamente dos Pré Conselhos e Conselhos de Classe, na busca de alternativas pedagógicas que visem ao aprimoramento do processo educacional, responsabilizando-se pelas informações prestadas e decisões tomadas, as quais serão registradas e assinadas em Ata;
17. propiciar ao aluno a formação ética e o desenvolvimento da autonomia intelectual e do pensamento crítico, visando ao exercício consciente da cidadania;
18. zelar pela frequência do aluno ao estabelecimento, comunicando qualquer irregularidade à equipe pedagógica;
19. cumprir o calendário escolar, quanto aos dias letivos, horas aulas e horas atividades estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional;
20. cumprir suas horas atividades no âmbito escolar, dedicando-as a estudos, pesquisas e planejamento de atividades docentes, sob orientação da equipe pedagógica, conforme determinações da SEED;
21. manter atualizados os Registros de Classe, conforme orientação da equipe pedagógica e secretaria escolar, deixando-os disponíveis no estabelecimento de ensino;
22. participar do planejamento e da realização das atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade;
23. desempenhar o papel de representante de turma, contribuindo para o desenvolvimento do processo educativo;
24. dar cumprimento aos preceitos constitucionais, à legislação educacional em vigor e ao Estatuto da Criança e do Adolescente, como princípios da prática profissional e educativa;
25. participar, com a equipe pedagógica, da análise e definição de projetos a serem inseridos no Projeto Político Pedagógico deste estabelecimento de ensino;
26. comparecer neste estabelecimento de ensino nas horas de trabalho ordinárias que lhe forem atribuídas e nas extraordinárias, quando convocado;
27. zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;
28. manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, com alunos, com pais e com os demais segmentos da comunidade escolar;
29. participar da avaliação institucional, conforme orientação da SEED;
30. cumprir e fazer cumprir o disposto no Regimento Escolar.



DIREITOS

Aos docentes, equipe pedagógica e direção, além dos direitos que lhes são assegurados pelo Estatuto dos Funcionários Públicos do Estado do Paraná – Lei nº 6.174/70 e Estatuto do Magistério – Lei Complementar nº 07/76, são garantidos os seguintes direitos:

I. ser respeitado na condição de profissional atuante na área da educação e no desempenho de suas funções;

II. participar da elaboração e implementação do Projeto Político Pedagógico da escola, Regimento Escolar e Regulamentos Internos;

III. participar de grupos de estudos, encontros, cursos, seminários e outros eventos, ofertados pela Secretaria de Estado da Educação e pelo próprio estabelecimento de ensino, tendo em vista o seu constante aperfeiçoamento profissional;

IV. propor aos diversos setores do estabelecimento de ensino ações que viabilizem um melhor funcionamento das atividades;

V. requisitar ao setor competente o material necessário à sua atividade, dentro das possibilidades do estabelecimento de ensino;

VI. propor ações que objetivem o aprimoramento dos procedimentos de ensino, da avaliação do processo pedagógico, da administração, da disciplina e das relações de trabalho no estabelecimento de ensino;

VII. utilizar-se das dependências e dos recursos materiais da escola para o desenvolvimento de suas atividades;

VIII. ter assegurado o direito de votar e/ou ser votado como representante no Conselho Escolar e associações afins;

IX. participar de associações e/ou agremiações afins;

X. participar da definição da Proposta Pedagógica Curricular da escola e sua Matriz Curricular, conforme normas emanadas da Secretaria de Estado da Educação;

XI. ter assegurado, pelo mantenedor, o processo de formação continuada;

XII. ter acesso às orientações e normas emanadas da Secretaria de Estado da Educação;

XIII. participar da avaliação institucional, conforme orientação da Secretaria de Estado da Educação;

XIV. tomar conhecimento das disposições do Regimento Escolar e do(s) Regulamento(s) Interno(s) do estabelecimento de ensino;

XV. compor equipe multidisciplinar, para orientar e auxiliar o desenvolvimento das ações relativas à Educação das Relações Étnico-Raciais e ao Ensino de História e Cultura Afro Brasileira e Africana, ao longo do período letivo;

XVI. ter assegurado gozo de férias previsto em lei.


Voltar 




DEVERES 

Aos docentes, equipe pedagógica e direção, além das atribuições previstas no Regimento Escolar, compete:

I. possibilitar que o estabelecimento de ensino cumpra a sua função, no âmbito de sua competência;

II. desempenhar sua função de modo a assegurar o princípio constitucional de igualdade de condições para o acesso e a permanência do aluno no estabelecimento de ensino;

III. elaborar exercícios domiciliares aos alunos impossibilitados de frequentar a escola, em atendimento ao disposto no Regimento Escolar;

IV. colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade;

V. comparecer às reuniões do Conselho Escolar, quando membro representante do seu segmento;

VI. manter e promover relações cooperativas no âmbito escolar;

VII. cumprir as diretrizes definidas no Projeto Político Pedagógico do estabelecimento de ensino, no que lhe couber;

VIII. manter o ambiente favorável ao desenvolvimento do processo pedagógico;

IX. comunicar aos órgãos competentes quanto à frequência dos alunos, para tomada das ações cabíveis;

X. dar atendimento ao aluno independentemente de suas condições de aprendizagem;

XI. organizar e garantir a reflexão sobre o processo pedagógico na escola;

XII. manter os pais ou responsáveis e os alunos informados sobre o Sistema de Avaliação da Escola, no que diz respeito à sua área de atuação;

XIII. informar pais ou responsáveis e os alunos sobre a frequência e desenvolvimento escolar obtidos no decorrer do ano letivo;

XIV. estabelecer estratégias de recuperação de estudos, no decorrer do ano letivo, visando à melhoria do aproveitamento escolar;

XV. receber e analisar o pedido de revisão de notas dos alunos, solicitado no prazo estabelecido de 72 (setenta e duas) horas, após divulgação das notas;

XVI. cumprir e fazer cumprir os horários e calendário escolar;

XVII. ser assíduo, comparecendo pontualmente ao estabelecimento de ensino nas horas efetivas de trabalho e, quando convocado, para outras atividades programadas e decididas pelo coletivo da escola;

XVIII. comunicar, com antecedência, eventuais atrasos e faltas;

XIX. zelar pela conservação e preservação das instalações escolares;

XX. cumprir as disposições do Regimento Escolar.

Voltar



FOTOS DOS PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS

Foto dos Professores - Dia 30 de Maio de 2008


Fotos dos Professores e Funcionários - Dia 04 de Março de 2008
Professores/Funcionários

Professores, Funcionários e Ex (professores e Funcionários) Desfile 7 de Setembro
Professores/Funcionários/Desfile 7 Setembro

Voltar



QUALIFICAÇÃO

Dentro das possibilidades viabilizar a participação dos profissionais da Escola, em Programas de Formação Continuada ofertados por Instituições Oficiais, com o objetivo de contribuir na preparação intelectual do profissional e consequentemente na melhoria da qualidade de ensino e aprendizagem.

PERFIL DO PROFISSIONAL DA EDUCAÇÃO DO COLÉGIO ESTADUAL “ERON DOMINGUES” ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO
O Profissional da Educação deve: 

• Ser dinâmico, dedicado, criativo, humorado, otimista, responsável, participativo, assíduo, pontual, sincero, aberto e asseado; 

• Ser Profissional da Educação com formação específica para cada disciplina e/ou função, mantendo-se em constante aperfeiçoamento e atualização; 

• Valorizar e colocar em prática as atualizações; 

• Ser detentor de informações gerais, aberto a mudanças; 

• Possuir um bom desempenho profissional; 

• Vestir a “camisa” do Colégio, trabalhando sintonizado com a Filosofia da Escola; 

• Estar envolvido e comprometido com a Educação e com todas as atividades realizadas pelo Colégio; 

• Transmitir aos alunos, na sua atuação pedagógica, conhecimentos necessários à vida; 

• Usar a linguagem culta no ambiente escolar; 

• Vivenciar e transmitir valores humanos (harmonia, respeito, ética, pontualidade e profissionalismo); 

• Valorizar o aluno, “ser humano”, procurando ajudá-lo e encontrando alternativas para entender as dificuldades que ele apresenta. 

Voltar






































Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito