Organização do Trabalho Pedagógico Escolar
Órgãos Colegiados da Escola
Registro de Classe On-line Serviços Públicos de Apoio Escolar Fale Conosco

Quantidade de Páginas visitadas



O que vale na vida não é o ponto de partida e sim a caminhada. Caminhando e Semeando, no fim terás o que colher. 
Cora Coralina

                     AGENTE EDUCACIONAL I



 Clique sobre o link desejado

Agente Educacional I

AGENTE EDUCACIONAL I - Atualizado em 31/05/2017
Agente Operacional
Silvio Poppi

Funcionários-Auxiliar Serviços Gerais

Arcilda Amália Link Weimer
Carla Michela Neujorks dos Santos Gehlen
Dulce da Silva
Eniede da Silva
Ivania Otilia Kieling Christmann
Jocimara da Veiga Silva
Laurinda Schmitz Roecker
Leilani Machado
Lourdes Maria Daviez
Nedir Terezinha Schuck
Neiva Terezinha Mortari
Solange Arruda da Silva
Tania Graciela Fosch

COMPETÊNCIA DO AGENTE EDUCACIONAL I e/ou AUXILIAR OPERACIONAL
Compete ao auxiliar operacional que atua na limpeza, organização e preservação do ambiente escolar e de seus utensílios e instalações: 
ATRIBUIÇÕES:
São atribuições do auxiliar operacional, que atua na cozinha do estabelecimento de ensino: 
São atribuições do auxiliar operacional que atua na área de vigilância da movimentação dos alunos nos espaços escolares: 

DIREITOS 

DEVERES

PROIBIÇÕES 

GESTÃO DEMOCRÁTICA – FUNCIONÁRIOS DOS AGENTES EDUCACIONAIS I


DA EQUIPE OPERACIONAL 

O auxiliar operacional tem a seu encargo os serviços de conservação, manutenção, preservação, segurança e da alimentação, no âmbito escolar, sendo coordenado e supervisionado pela direção do estabelecimento de ensino.

Voltar 


COMPETÊNCIA DO AGENTE EDUCACIONAL I e/ou AUXILIAR OPERACIONAL

Compete ao Agente Educacional I


Compete ao auxiliar operacional que atua na limpeza, organização e preservação do ambiente escolar e de seus utensílios e instalações:
1. zelar pelo ambiente físico da escola e de suas instalações, cumprindo as normas estabelecidas na legislação sanitária vigente;
2. utilizar o material de limpeza sem desperdícios e comunicar à direção, com antecedência, a necessidade de reposição dos produtos;
3. zelar pela conservação do patrimônio escolar, comunicando qualquer irregularidade à direção;
4. auxiliar na vigilância da movimentação dos alunos em horários de recreio, de início e de término dos períodos, mantendo a ordem e a segurança dos estudantes, quando solicitado pela direção;
5. atender adequadamente aos alunos com necessidades educacionais especiais temporárias ou permanentes, que demandam apoio de locomoção, de higiene e de alimentação;
6. auxiliar na locomoção dos alunos que fazem uso de cadeira de rodas, andadores, muletas, e outros facilitadores, viabilizando a acessibilidade e a participação no ambiente escolar;
7. auxiliar os alunos com necessidades educacionais especiais quanto a alimentação durante o recreio, atendimento às necessidades básicas de higiene e as correspondentes ao uso do banheiro;
8. auxiliar nos serviços correlatos à sua função, participando das diversas atividades escolares;
9. cumprir integralmente seu horário de trabalho e as escalas previstas, respeitando o seu período de férias;
10. participar de eventos, cursos, reuniões sempre que convocado ou por iniciativa própria, desde que autorizado pela direção, visando ao aprimoramento profissional;
11. coletar lixo de todos os ambientes deste estabelecimento de ensino, dando-lhe o devido destino, conforme exigências sanitárias;
12. participar da avaliação institucional, conforme orientações da SEED;
13. zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;
14. manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, com alunos, com pais e com os demais segmentos da comunidade escolar;
15. exercer as demais atribuições decorrentes do Regimento Escolar e aquelas que concernem à especificidade de sua função.

Compete à Merendeira

1. zelar pelo ambiente da cozinha e por suas instalações e utensílios, cumprindo as normas estabelecidas na legislação sanitária em vigor;
2. selecionar e preparar a merenda escolar balanceada, observando padrões de qualidade nutricional;
3. servir a merenda escolar, observando os cuidados básicos de higiene e segurança;
4. informar ao diretor deste estabelecimento de ensino da necessidade de reposição do estoque da merenda escolar;
5. conservar o local de preparação, manuseio e armazenamento da merenda escolar, conforme legislação sanitária em vigor;
6. zelar pela organização e limpeza do refeitório, da cozinha e do depósito da merenda escolar;
7. receber, armazenar e prestar contas de todo material adquirido para a cozinha e da merenda escolar;
8. cumprir integralmente seu horário de trabalho e as escalas previstas, respeitado o seu período de férias;
9. participar de eventos, cursos, reuniões sempre que convocado ou por iniciativa própria, desde que autorizado pela direção, visando ao aprimoramento profissional;
10. auxiliar nos demais serviços correlatos à sua função, sempre que se fizer necessário;
11. respeitar as normas de segurança ao manusear fogões, aparelhos de preparação ou manipulação de gêneros alimentícios e de refrigeração;
12. participar da avaliação institucional, conforme orientações da SEED;
13. zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;
14. manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, com alunos, com pais e com os demais segmentos da comunidade escolar;
15. participar das atribuições decorrentes do Regimento Escolar e exercer as específicas da sua função. 

Compete ao Inspetor de Alunos

São atribuições do auxiliar operacional que atua na área de vigilância da movimentação dos alunos nos espaços escolares:
1. coordenar e orientar a movimentação dos alunos, desde o início até o término dos períodos de atividades escolares;
2. zelar pela segurança individual e coletiva, orientando os alunos sobre as normas disciplinares para manter a ordem e prevenir acidentes neste estabelecimento de ensino;
3. comunicar imediatamente à direção situações que evidenciem riscos à segurança dos alunos;
4. percorrer as diversas dependências deste estabelecimento, observando os alunos quanto às necessidades de orientação e auxílio em situações irregulares;
5. encaminhar ao setor competente deste estabelecimento de ensino os alunos que necessitarem de orientação ou atendimento;
6. observar a entrada e a saída dos alunos para prevenir acidentes e irregularidades;
7. acompanhar as turmas de alunos em atividades escolares externas, quando se fizer necessário;
8. auxiliar a direção, equipe pedagógica, docentes e secretaria na divulgação de comunicados no âmbito escolar;
9. cumprir integralmente seu horário de trabalho e as escalas previstas, respeitado o seu período de férias;
10. participar de eventos, cursos, reuniões sempre que convocado ou por iniciativa própria, desde que autorizado pela direção, visando ao aprimoramento profissional;
11. zelar pela preservação do ambiente físico, instalações, equipamentos e materiais didático-pedagógicos;
12. auxiliar a equipe pedagógica no remanejamento, organização e instalação de equipamentos e materiais didático-pedagógicos;
13. atender e identificar visitantes, prestando informações e orientações quanto à estrutura física e setores deste estabelecimento de ensino;
14. participar da avaliação institucional, conforme orientações da SEED;
15. zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;
16. manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, com alunos, com pais e com os demais segmentos da comunidade escolar;
17. participar das atribuições decorrentes deste Regimento Escolar e exercer as específicas da sua função.

Voltar


ATRIBUIÇÕES:

São atribuições do auxiliar operacional, que atua na cozinha do estabelecimento de ensino:
I. zelar pelo ambiente da cozinha e por suas instalações e utensílios, cumprindo as normas estabelecidas na legislação sanitária em vigor;
II. selecionar e preparar a merenda escolar balanceada, observando padrões de qualidade nutricional;
III. servir a merenda escolar, observando os cuidados básicos de higiene e segurança;
IV. informar ao diretor do estabelecimento de ensino da necessidade de reposição do estoque da merenda escolar;
V. conservar o local de preparação, manuseio e armazenamento da merenda escolar, conforme legislação sanitária em vigor;
VI. zelar pela organização e limpeza do refeitório, da cozinha e do depósito da merenda escolar;
VII. receber, armazenar e prestar contas de todo material adquirido para a cozinha e da merenda escolar;
VIII. cumprir integralmente seu horário de trabalho e as escalas previstas, respeitado o seu período de férias;
IX. participar de eventos, cursos, reuniões sempre que convocado ou por iniciativa própria, desde que autorizado pela direção, visando ao aprimoramento profissional;
X. auxiliar nos demais serviços correlatos à sua função, sempre que se fizer necessário;
XI. respeitar as normas de segurança ao manusear fogões, aparelhos de preparação ou manipulação de gêneros alimentícios e de refrigeração;
XII. participar da avaliação institucional, conforme orientações da Secretaria de Estado da Educação;
XIII. zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;
XIV. manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, com alunos, com pais e com os demais segmentos da comunidade escolar;
XV. participar das atribuições decorrentes do Regimento Escolar e exercer as específicas da sua função. 

Voltar


São atribuições do auxiliar operacional que atua na área de vigilância da movimentação dos alunos nos espaços escolares:
I. coordenar e orientar a movimentação dos alunos, desde o início até o término dos períodos de atividades escolares;
II. zelar pela segurança individual e coletiva, orientando os alunos sobre as normas disciplinares para manter a ordem e prevenir acidentes no estabelecimento de ensino;
III. comunicar imediatamente à direção situações que evidenciem riscos à segurança dos alunos;
IV. percorrer as diversas dependências do estabelecimento, observando os alunos quanto às necessidades de orientação e auxílio em situações irregulares;
V. encaminhar ao setor competente do estabelecimento de ensino os alunos que necessitarem de orientação ou atendimento;
VI. observar a entrada e a saída dos alunos para prevenir acidentes e irregularidades;
VII. acompanhar as turmas de alunos em atividades escolares externas, quando se fizer necessário;
VIII. auxiliar a direção, equipe pedagógica, docentes e secretaria na divulgação de comunicados no âmbito escolar;
IX. cumprir integralmente seu horário de trabalho e as escalas previstas, respeitado o seu período de férias;
X. participar de eventos, cursos, reuniões sempre que convocado ou por iniciativa própria, desde que autorizado pela direção, visando ao aprimoramento profissional;
XI. zelar pela preservação do ambiente físico, instalações, equipamentos e materiais didático pedagógicos;
XII. auxiliar a equipe pedagógica no remanejamento, organização e instalação de equipamentos e materiais didático pedagógicos;
XIII. atender e identificar visitantes, prestando informações e orientações quanto à estrutura física e setores do estabelecimento de ensino;
XIV. participar da avaliação institucional, conforme orientações da Secretaria de Estado da Educação;
XV. zelar pelo sigilo de informações pessoais de alunos, professores, funcionários e famílias;
XVI. manter e promover relacionamento cooperativo de trabalho com seus colegas, com alunos, com pais e com os demais segmentos da comunidade escolar;
XVII. participar das atribuições decorrentes do Regimento Escolar e exercer as específicas da sua função. 

Voltar

DIREITOS 
Aos  assistentes de execução e a equipe auxiliar operacional, além dos direitos que lhes são assegurados em lei, têm, ainda, as seguintes prerrogativas:
I. ser respeitado na condição de profissional atuante na área da educação e no desempenho de suas funções;
II. utilizar-se das dependências, das instalações e dos recursos materiais do estabelecimento, necessários ao exercício de suas funções;
III. participar da elaboração e implementação do Projeto Político Pedagógico da escola;
IV. colaborar na implementação da Proposta Pedagógica Curricular definida no Projeto Político Pedagógico da escola;
V. requisitar o material necessário à sua atividade, dentro das possibilidades do estabelecimento de ensino;
VI. sugerir aos diversos setores de serviços do estabelecimento de ensino ações que viabilizem um melhor funcionamento de suas atividades;
VII. ter assegurado o direito de votar e/ou ser votado como representante no Conselho Escolar e associações afins;
VIII. participar de associações e/ou agremiações afins;
IX. tomar conhecimento das disposições do Regimento Escolar e do(s) Regulamento(s) Interno(s) do estabelecimento de ensino; 

Voltar


DEVERES
Além das outras atribuições legais, compete:
I. cumprir e fazer cumprir os horários e Calendário Escolar;
II. ser assíduo, comunicando com antecedência, sempre que possível, os atrasos e faltas eventuais;
III. contribuir, no âmbito de sua competência, para que o estabelecimento de ensino cumpra sua função;
IV. desempenhar sua função de modo a assegurar o princípio constitucional de igualdade de condições para o acesso e a permanência do aluno no estabelecimento de ensino;
V. manter e promover relações cooperativas no ambiente escolar;
VI. manter e fazer manter o respeito e ambiente favorável ao desenvolvimento do processo de trabalho escolar;
VII. colaborar na realização dos eventos que o estabelecimento de ensino proporcionar, para os quais for convocado;
VIII. comparecer às reuniões do Conselho Escolar, quando membro representante do seu segmento;
IX. zelar pela manutenção e conservação das instalações escolares;
X. colaborar com as atividades de articulação da escola com as famílias e a comunidade;
XI. cumprir as atribuições inerentes ao seu cargo;
XII. tomar conhecimento das disposições contidas no Regimento Escolar;
XIII. cumprir e fazer cumprir as disposições do Regimento Escolar, no seu âmbito de ação. 

Voltar

PROIBIÇÕES
À equipe de assistente de execução e à equipe auxiliar operacional é vedado:
I. tomar decisões individuais que venham a prejudicar o processo pedagógico e o andamento geral da escola;
II. retirar e utilizar qualquer documento ou material pertencente ao estabelecimento de ensino, sem a devida permissão do órgão competente;
III. discriminar, usar de violência simbólica, agredir fisicamente e/ou verbalmente qualquer membro da comunidade escolar;
IV. ausentar-se do estabelecimento de ensino no seu horário de trabalho sem a prévia autorização do setor competente;
V. expor alunos, colegas de trabalho ou qualquer pessoa da comunidade à situações constrangedoras;
VI. receber pessoas estranhas ao funcionamento do estabelecimento de ensino durante o período de trabalho, sem prévia autorização do órgão competente;
VII. ocupar-se, durante o período de trabalho, de atividades estranhas à sua função;
VIII. transferir a outra pessoa o desempenho do encargo que lhe foi confiado;
IX. divulgar assuntos que envolvam direta ou indiretamente o nome da escola , por qualquer meio de publicidade, sem prévia autorização da direção e/ou do Conselho Escolar;
X. promover excursões, jogos, coletas, lista de pedidos, vendas ou campanhas de qualquer natureza, que envolvam o nome da escola, sem a prévia autorização da direção;
XI. comparecer ao trabalho e aos eventos da escola embriagado ou com sintomas de ingestão e/ou uso de substâncias químicas tóxicas;
XII. fumar nas salas de aulas do estabelecimento de ensino.
Os fatos ocorridos em desacordo com o disposto no Regimento Escolar serão apurados, ouvindo-se os envolvidos e registrando-se em Ata, com as respectivas assinaturas. 

Voltar


GESTÃO DEMOCRÁTICA – FUNCIONÁRIOS DE SERVIÇOS GERAIS 

1. AÇÃO
Trabalhando Coletivamente

2. OBJETIVOS
·Educar coletivamente, tendo como referência o PPP, que é um processo que organiza e sistematiza o trabalho escolar compreendendo o pensar e o fazer da escola, integrados por meio de ações visando melhores resultados do processo educacional.
·Organizar e sistematizar a tarefa dos funcionários.

3. DETALHAMENTO DA AÇÃO
Serviços Gerais
- Manter as instalações escolares em ordem e limpas;
- Auxiliar na orientação dos estudantes quanto a ordem, preservação e limpeza do ambiente escolar.

Merendeiras
- Preparar e servir a merenda aos estudantes;
- Conservação do ambiente, organizá-lo e mantê-lo;
-Controlar o estoque e preencher o relatório mensal da Merenda Escolar;
- Orientar os estudantes com relação aos hábitos e a organização na distribuição da merenda escolar.

Inspetor de Alunos
- Zelar pela segurança e disciplina individual e coletiva, orientando os alunos sobre as normas disciplinares para manter a ordem e evitar acidentes no ambiente escolar;
- Observar e orientar a entrada e a saída dos alunos, abrindo e fechando os portões, bem como as portas das salas de acordo com a organização dos horários de aula.
-Recolher as cadernetas no início do período letivo, carimbá-las e entregá-las no final do período letivo.

4. CONDIÇÕES/ RECURSOS
·Recursos Humanos: direção, direção auxiliar, equipe pedagógica, docentes, funcionários com a participação dos alunos

5. RESPONSÁVEL
·Todos os envolvidos na gestão escolar 

6. CRONOGRAMA
·Fevereiro: Estudo e organização com os envolvidos definindo metas para o ano letivo;
·Direção informa os alunos como vai funcionar o ambiente escolar.
·Registro, cada um no seu setor, o que não está funcionando para posteriores tomadas de decisões.
·Encontro para avaliação e reavaliação de todas as ações desenvolvidas para realização de ajustes.  

Voltar ao topo da página





























Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito